11 curiosidades sobre recém-nascidos que você tem que saber!

Quem não fica encantado com os recém-nascidos? Os papais então, que esperam nove meses para finalmente conhecer o pequeno, se derretem! Realmente, os bebês são fascinantes. Mas você sabia que, logo quando nascem, eles apresentam características bem peculiares?

Neste post, vamos listar 11 curiosidades sobre os recém-nascidos que talvez você nem imagine. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

1. Um bebê tem 45% mais ossos do que um adulto

Quem imaginaria que, naquele pequeno corpinho, há 45% mais ossos do que em um adulto? Isso mesmo, os recém-nascidos vêm ao mundo com 300 ossos, enquanto um adulto apresenta 206.

Com o passar do tempo, o bebê se desenvolve e alguns deles começam a se fundir e apresentar maior resistência. Um exemplo são os ossos do crânio, que se transformam em um só quando a criança completa 2 anos de idade.

Por isso, eles nascem com duas moleiras: espaços “molinhos” que separam esses ossos do crânio, o que facilita a passagem da cabeça do bebê pelo canal vaginal na hora do parto.

Os pequenos não possuem patelas

Falando em ossos, você sabia que um recém-nascido não tem patela (um dos ossos do joelho)? Nos primeiros meses, essas estruturas são cartilagens.

2. Bebês meninas podem ter uma breve “menstruação”

Depois do nascimento, as mães de meninas podem se assustar ao notar uma pequena quantidade de sangue na fralda. Mas não há motivo para susto pois, na verdade, se trata de um certo tipo de menstruação. Esse sangramento pode durar alguns dias.

Isso acontece porque, no ambiente intrauterino, o feto é submetido a uma grande quantidade do hormônio estrogênio. No nascimento, essas quantidades do hormônio caem bruscamente, podendo resultar em uma condição parecida com a menstruação.

3. Recém-nascidos dormem até 17 horas por dia

Logo após o nascimento, o bebê é bem sonolento. Algumas mamães relatam que os pequenos não acordam nem para mamar!

Mas não há motivo para preocupação: um recém-nascido dorme entre 16 e 17 horas por dia. Esse sono normalmente não é contínuo, mas dividido entre pequenas sonecas que duram de 2 a 4 horas.

E não pense que com o passar dos meses os bebês vão dormir poucas horas. De acordo com as diretrizes da Academia Americana de Medicina do Sono (AASM), os pequenos de 4 a 12 meses precisam dormir de 12 a 16 horas por dia, tempo que inclui as pequenas sonecas.

4. Bebês não têm lágrimas

Os pequenos que acabaram de chegar ao mundo ainda não produzem lágrimas. O fato é que, nos primeiros dias depois do nascimento, o canal lacrimal não está funcionando ainda. Porém, os bebês produzem as chamadas lágrimas basais, que têm o trabalho de manter a córnea úmida.

Contudo, isso não significa que o recém-nascido não possa chorar! Na verdade, ele chora (grita) bem forte, só que sem lágrimas!

Somente após algumas semanas de vida o bebê começa a produzir lágrimas.

5. Recém-nascidos podem ter edemas nas mamas

Se você notar que seu recém-nascido possui as mamas inchadas, não se preocupe. Tanto meninos quanto meninas podem nascer com edemas nas mamas devido ao contato com os hormônios da mãe.

Tais hormônios podem até estimular a produção de leite nos bebês, assim como a menstruação, citada acima.

Para evitar irritações ou infecções, não aperte as mamas e aguarde que elas desinchem naturalmente, o que pode ocorrer nos primeiros 10 dias de vida.

6. Alguns bebês nascem com uma pelugem

Calma, não se assuste! É uma característica normal de alguns recém-nascidos. Eles têm uma camada de pelos no corpo, especialmente nos ombros e costas.

Trata-se da lanugem, uma camada de pelos finos que eles ganham dentro do útero, responsável por regular a temperatura de seu corpo.

Ainda nas primeiras semanas de vida, eles caem e a mamãe nem percebe! Vale lembrar que alguns bebês nascem sem. Isso acontece porque a lanugem caiu antes do nascimento.

7. Recém-nascidos não reconhecem o sabor salgado

Apesar de alguns estudos mostrarem que os bebês apresentam um paladar fora de série logo que nascem, eles não possuem a capacidade de reconhecer o sabor do sal.

Os pequenos conseguem sentir muitos outros sabores, mas o salgado não. Aliás, eles reconhecem os sabores ainda no útero!

Eles têm mais papilas gustativas

Uma das razões podem ser as papilas gustativas (responsáveis pelo reconhecimento de sabores) que os recém-nascidos apresentam nas laterais e no céu da boca, além daquelas presentes na língua. Com o tempo, essas papilas “a mais” desaparecem.

8. Recém-nascidos têm olhos grandes

Os globos oculares do recém-nascido têm 75% do tamanho dos de um adulto! Por isso, dizemos que eles têm olhos gigantes comparados ao tamanho de suas cabeças. Na verdade, é isso que traz a aparência tão fofa aos pequenos!

Os outros órgãos do corpo humano se desenvolvem mais de 90% com o crescimento, enquanto os olhos só crescem 25%.

Eles enxergam embaçado

O recém-nascido até vê as cores, mas ainda não consegue distingui-las. Além disso, tem a visão embaçada, como quem tem hipermetropia, ou seja, enxerga melhor a certa distância (20 a 30 cm) do que de muito perto.

Pesquisa da Universidade de Oslo e da Universidade de Uppsala (Suécia) constatou que um recém-nascido com 3 dias de vida tem a capacidade de reconhecer expressões faciais e emoções com 30 cm de distância, a mesma distância que ele fica do rosto da mãe quando amamentado.

Olho aberto dormindo

Como estamos falando de olhos, saiba que, algumas vezes, o recém-nascido pode estar dormindo mesmo de olho aberto — e isso é normal.

9. Bebês não memorizam acontecimentos

Aliás, não só na fase de recém-nascido, mas durante os primeiros anos de vida, o cérebro não consegue guardar os acontecimentos. É a chamada amnésia infantil, que apaga todas as experiências vividas.

Por isso, ninguém se lembra de fatos que ocorreram quando ainda era bebê.

10. Bebês nascem com mãos e pés azulados

Se a mamãe notar, ainda na maternidade, que seu pequeno está com as mãos, pés e lábios com uma coloração azulada, não há motivo para se assustar! O azulado é a chamada acrocianose.

E por que isso acontece? Os bebês ainda não sabem lidar com o mundo externo, afinal saíram há pouco tempo do ambiente uterino. Dessa forma, os vasos sanguíneos apresentam uma reação extrema ao frio e desencadeiam essa coloração azulada.

O que fazer? É só manter o seu bebê quentinho que ela vai embora!

11. O banho ajuda o pequeno a relaxar e a pegar no sono

O banho é um verdadeiro ritual para o recém-nascido, quando ele consegue ficar bem sossegado e relaxar com a água na temperatura adequada. Essa água quentinha e agradável remete ao período em que ficou no útero, por isso proporciona o bem-estar.

Como você pode ver, os recém-nascidos apresentam inúmeras curiosidades que podem ser verdadeiras surpresas (ou sustos!) para os pais. Entender como funciona o corpo dessas pequenas fofuras pode ajudar muito nos primeiros cuidados.

Gostou das informações e quer acompanhar mais posts sobre recém-nascidos? Então siga as nossas redes sociais — Facebook e Twitter — e fique por dentro de outros conteúdos como este!

Um comentário sobre “11 curiosidades sobre recém-nascidos que você tem que saber!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *